Poema | Boca, divina boca | O vídeo | By Escritor Tony Casanova.



 

   Um dos poemas mais curtidos do Escritor Tony Casanova agora também em vídeo. Neste texto você irá sentir o lirismo do autor e todo seu entrosamento com os versos na descrição do poema. Espero que você goste e deixe seu comentário não só aqui no Blog, mas também no meu Canal Youtube. Aproveite para dar um like e inscrever-se no Canal. Compartilhe se gostou. No meu Canal você encontrará outros vídeos interessantes que poderá enviar para suas redes sociais.


   Texto do escritor brasileiro Tony Casanova.
Todos os Direitos Reservados. É permitido o compartilhamento para sites ou
redes sociais desde que o texto, o crédito e imagens utilizadas nele não sejam
alterados, devendo assim ser todos mantidos na íntegra.    Não é permitida a alteração de nenhuma parte
contida aqui, a saber, texto, imagem ou crédito através de cópia seguida de
colagem, divulgação fracionada desautorizada, reprodução do todo ou parte dele
sem que haja garantias de preservação dos Direitos do autor.   Os Direitos Autorais são assegurados por
Legislação Nacional e Internacional de Proteção aos Direitos de Propriedade
Intelectual e qualquer desrespeito será considerado crime previsto e passivo
das medidas legais cabíveis.
   Tony Casanova é autor dos livros
Panorama das Artes (Clube
de Autores e Livraria Amazon) – E-book e Impresso
No litoral das Relações
(Clube de Autores e Livraria Amazon) E-book e Impresso
O amor segundo a Bíblia
(Clube de Autores e Livraria Amazon) -- E-book e Impresso
Relações Instáveis-Como
vencer decepções (Livraria Amazon) – E-book
O amor fala Francês (Clube
de Autores e Livraria Saraiva) - E-book e Impresso
Os links para as
livrarias você encontra CLICANDO AQUI
 

Inscreva-se no Canal Roda Cultural [AQUI]

Vídeo | Ser Grande | Texto e Narração de Tony Casanova



   Sempre gostei de deixar mensagens aos meus leitores e leitoras, desta vez trago uma que para muitos não é novidades, mas tem muita gente que ainda não ouviu esta mensagem onde num momento raro, eu narro um texto meu para meditação. Outros vídeos idênticos virão, dependendo dos seus comentários que indicarão se gostaram ou não da mensagem. Lembro a vocês que além dos comentários vocês podem mandar e-mail, prometo responder a todos. "Ser Grande" traz uma linda mensagem reflexiva que certamente irá trazer alguma luz para você amigo, amiga leitora. Compartilhe, fique á vontade para dividir este vídeo com amigos e amigas no facebook e suas redes sociais preferidas.



   Texto do escritor brasileiro Tony Casanova.
Todos os Direitos Reservados. É permitido o compartilhamento para sites ou
redes sociais desde que o texto, o crédito e imagens utilizadas nele não sejam
alterados, devendo assim ser todos mantidos na íntegra.    Não é permitida a alteração de nenhuma parte
contida aqui, a saber, texto, imagem ou crédito através de cópia seguida de
colagem, divulgação fracionada desautorizada, reprodução do todo ou parte dele
sem que haja garantias de preservação dos Direitos do autor.   Os Direitos Autorais são assegurados por
Legislação Nacional e Internacional de Proteção aos Direitos de Propriedade
Intelectual e qualquer desrespeito será considerado crime previsto e passivo
das medidas legais cabíveis.
   Tony Casanova é autor dos livros
Panorama das Artes (Clube
de Autores e Livraria Amazon) – E-book e Impresso
No litoral das Relações
(Clube de Autores e Livraria Amazon) E-book e Impresso
O amor segundo a Bíblia
(Clube de Autores e Livraria Amazon) -- E-book e Impresso
Relações Instáveis-Como
vencer decepções (Livraria Amazon) – E-book
O amor fala Francês (Clube
de Autores e Livraria Saraiva) - E-book e Impresso



Curiosidades na vida de um escritor | Tony Casanova

Tony Casanova
   Ás vezes fico me perguntando por que cargas d'água eu fui escolher a profissão de escritor em meio a tantas outras que já exerci. Quando em vez me surgem pessoas com perguntas que eu diria, do arco da velha. Talvez pelo fato de estarem pouco ligadas a este universo de quem escreve e tem as palavras por ofício, quem sabe, mas o fato é que me perguntam coisas que eu fico bobo em responder. Quando não são perguntas são afirmações, conceitos ou sei lá o que, mas seja o que for, sempre me tiram do sério.
  Certa vez eu estava em uma praça de alimentação em um shopping em companhia de uma amiga e em meio ao bate-papo ela me saiu com algumas perguntas estranhas, tipo: - Tony, como é que estas coisas entram em sua cabeça? Gente, a questão é que nem o escritor sabe como estas tais "coisas" entram na sua cabeça, o que importa de fato é que elas saíram. Depois a pessoa me pediu que fizesse, ali na bucha, uma poesia para ela. Calma ai querida, as coisas não funcionam bem assim. Não é assim que a banda toca. Basta pedir e chega no Delivery. Textos devem ser inspirados e exigem momentos propícios, situações, ambientação, clima, enfim uma série de fatores para "sair" da cabeça do escritor. Não se pede um texto como quem pede um pastel!
   Outra coisa que já me abusou muito foi a questão da nomenclatura. Tem gente que teima em chamar-me de "poeta", mesmo sabendo ou sem saber mesmo, sei lá, que o termo poeta define o escritor de um gênero literário chamado Poesia. O correto é escritor e não poeta. Apenas para enriquecer a informação de vocês, existe a Dramaturgia, a Comédia, o Romance, enfim vários gêneros que podem ser abordados pelo escritor. Ah! Certa vez eu falei "escritor" e a pessoa me corrigiu perguntando quantos livros eu já havia publicado. Meu Deus! Quase chorei. Gente, Escritor é aquele que escreve e Autor aquele que já publicou. Legalmente falando, ou seja, para efeitos legais, quem escreve para blogs também publica ou melhor, torna público aquilo que escreveu, feito isso ele já detém Direitos sobre a autoria do texto. Quanto a questão com os livros, eu já era escritor desde 1976 e tornei-me autor este ano, como vocês verão logo abaixo da pauta de Direitos Autorais desta matéria.
    Como todos nós amadurecemos apanhando e eu não sou diferente de ninguém, aprendi a tirar de letra estas questões menores, mas por muitos anos fiquei encafifado com elas. De fato eu não sei o que é pior neste mundo; aguentar o preconceito por ser pobre, negro e anônimo ou batalhar vender livros com a dureza de alguns corações, mas tudo se ajeita, como dizem os populares: "Para tudo tem um jeito, menos para a morte".     

    Texto do escritor brasileiro Tony Casanova. Todos os Direitos Reservados. É permitido o compartilhamento para sites ou redes sociais desde que o texto, o crédito e imagens utilizadas nele não sejam alterados, devendo assim ser todos mantidos na íntegra.    Não é permitida a alteração de nenhuma parte contida aqui, a saber, texto, imagem ou crédito através de cópia seguida de colagem, divulgação fracionada desautorizada, reprodução do todo ou parte dele sem que haja garantias de preservação dos Direitos do autor.   Os Direitos Autorais são assegurados por Legislação Nacional e Internacional de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual e qualquer desrespeito será considerado crime previsto e passivo das medidas legais cabíveis.
   Tony Casanova é autor dos livros
Panorama das Artes (Clube de Autores e Livraria Amazon) – E-book e Impresso
No litoral das Relações (Clube de Autores e Livraria Amazon) E-book e Impresso
O amor segundo a Bíblia (Clube de Autores e Livraria Amazon) -- E-book e Impresso
Relações Instáveis-Como vencer decepções (Livraria Amazon) – E-book
O amor fala Francês (Clube de Autores e Livraria Saraiva) - E-book e Impresso
Os links para as livrarias você encontra CLICANDO AQUI  

.........................................................................................................................

Curiosities in the life of a writer | Tony Casanova

  Sometimes I wonder why on earth am I went to pick the writing trade among so many others who have exercised. When instead I come people with questions I would say, the arc of the old. Perhaps because they are somewhat linked to this universe of the writer and has the words by letter, who knows, but the fact is that people ask me things that I'm silly to answer. When no questions are statements, concepts or whatever that, but whatever it is, always take me off.
  I was once in a food court in a mall in the company of a friend and amid the chat she left me with some strange questions, like: - Tony, how these things come into your head? Folks, the point is that neither the writer knows how these such "things" come into your head, what really matters is that they left. Then the person asked me to do, there in the bush, a poem for her. Calm there dear, things do not work as well. Not so the band plays. Just ask and arrives at Delivery. Texts should be inspired and require propitious moments, situations, setting, weather, finally a number of factors to "leave" the head of the writer. Do not ask for a text to anyone who asks a crayon!
   Another thing that ever abused me was the question of nomenclature. There are people who insists on calling me "poet", knowing or not knowing it, you know, that the poet term defines the writer of a literary genre called Poetry. The right is a writer and not a poet. Just to enrich the information of you, there is the dramaturgy, Comedy, Romance, finally various genres that can be addressed by the writer. Ah! I once said "writer" and the person corrected me wondering how many books I had published. My God! I almost cried. People, writer is one who writes and author who has published. Legally speaking, that is, for legal purposes, who writes for blogs also publish or better, it makes public what wrote, done that he already has rights over the text of authorship. As for the issue with the books, I was already a writer since 1976 and became the author this year, as you will see below the agenda of Copyright in this matter.
    As we all mature picking up and I'm no different from anyone else, I learned to draw letter these minor issues, but for many years I encafifado with them. In fact I do not know which is worse in this world; endure prejudice for being poor, black and anonymous or battle sell books with the hardness of some hearts, but everything falls into place, as they say the popular: "For all one way, less for death."

    Text Brazilian writer Tony Casanova. All rights reserved. It allowed for the sharing sites or social networks since the text, credit and images used in it are not changed, so should all be kept in its entirety. It is not allowed to change any part contained herein, namely, text, image or credit through then collage copy unauthorized fractional disclosure, reproduction in whole or part without preservation of guarantees of the author's rights. Copyrights are provided by National Legislation and International Protection of Intellectual Property Rights and any breach will be considered provided crime and liabilities of the legal action.
   Tony Casanova is author of the books
Panorama of Arts (Club Authors Bookstore and Amazon) - E-book and printed
On the coast of Relations (Club Authors Bookstore and Amazon) E-book and printed
Love according to the Bible (Club Authors Bookstore and Amazon) - E-book and printed
Unstable-How to overcome disappointments Relations (Amazon Bookstore) - E-book
Love speaks French (Club of Authors and Saraiva) - E-book and printed
Links to bookstores you find CLICKING HERE

.........................................................................................................................

Curiosidades de la vida de un escritor | tony Casanova

  A veces me pregunto por qué estoy en la tierra fui a recoger el comercio de la escritura entre tantos otros que han ejercido. Cuando en lugar de eso es que la gente con preguntas que diría, el arco de la edad. Tal vez porque están un poco vinculado a este universo del escritor y tiene las palabras por letra, quién sabe, pero el hecho es que la gente me pregunta cosas que estoy tonto para responder. Cuando no hay preguntas son declaraciones, conceptos o lo que sea eso, pero sea lo que sea, siempre me despegar.
  Una vez estuve en un patio de comidas en un centro comercial en compañía de un amigo y en medio de la charla me dejó con algunas preguntas extrañas, tales como: - Tony, ¿cómo es que estas cosas en la cabeza? La gente, el punto es que ni el escritor sabe cómo estos tales "cosas" vienen a la mente, lo que realmente importa es que se fueron. A continuación, la persona que me había pedido que hacer, en el monte, un poema para ella. Calma y no querida, las cosas no funcionan así. No así la banda toca. Sólo hay que preguntar y llega a la entrega. Los textos deben ser inspirados y requieren momentos propicios, situaciones, entorno, clima, por último, una serie de factores a "dejar" la cabeza del escritor. No pida un texto a cualquier persona que solicite un lápiz de color!
   Otra cosa que nunca abusó de mí estaba la cuestión de nomenclatura. Hay gente que insiste en llamarme "poeta", sabiendo o no sabiendo que, ya sabes, que el término poeta define el escritor de un género literario llamado Poesía. El derecho es un escritor y no un poeta. Sólo para enriquecer la información de ustedes, no es la dramaturgia, Comedia, Romance, finalmente, diversos géneros que pueden ser abordados por el escritor. Ah! Una vez dije "escritor" y la persona que me corregí preguntándose cuántos libros que había publicado. ¡Dios mio! Casi lloré. La gente, el escritor es alguien que escribe y autor que ha publicado. En términos legales, es decir, a los efectos legales, que escribe para blogs también publican o mejor, se hace público lo que escribió, hecho que ya tiene los derechos sobre el texto de la autoría. En cuanto al problema con los libros, yo ya era un escritor desde 1976 y se convirtió en el autor de este año, como se verá más adelante la agenda de derechos de autor en esta materia.
    Como todos maduramos recogiendo y yo no soy diferente de cualquier otra persona, aprendí a dibujar la letra estos problemas menores, pero durante muchos años me encafifado con ellos. De hecho no sé qué es peor en este mundo; sufrir perjuicio por ser pobres, negros y anónimas o vender libros de batalla con la dureza de algunos corazones, pero todo cae en su lugar, como dicen los populares: ". Para todos de una manera, menos para la muerte"

    Texto escritor brasileño, Tony Casanova. Todos los derechos reservados. Se permitió a los sitios para compartir o redes sociales desde el texto, el crédito y las imágenes que se utilizan en ella no se cambian, por lo que todos deben tener en su totalidad. No está permitido cambiar cualquier parte contenida en el mismo, a saber, texto, imagen o crédito a través de la divulgación fraccionada a continuación, la copia no autorizada del collage, la reproducción total o parcial sin la preservación de las garantías de los derechos del autor. Los derechos de autor son proporcionados por la legislación nacional y la Protección Internacional de los Derechos de Propiedad Intelectual así como la lesión se tendrán en cuenta siempre la delincuencia y pasivos de la acción legal.
   Tony Casanova es autor de los libros
Panorama de las Artes (Club de Autores librería y Amazon) - E-libros e impresos
En la costa de Relaciones Autores (Club de librería y Amazonas) y E-libro impreso
El amor según la Biblia (Club Autores librería y Amazon) - E-libros e impresos
Inestable-Cómo superar Relaciones decepciones (Amazon librería) - E-libro
El amor habla francesa (Club de Autores y Saraiva) - E-libro e impreso
Los enlaces a librerías que encuentre CLIC AQUÍ

.........................................................................................................................